Pesquisas em Andamento

Diagnóstico da Acessibilidade nos Museus e Centros de Ciências da América Latina e Caribe

Pesquisa realizada pelo Grupo Museus e Centros de Ciências Acessíveis (MCCAC) e pela Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia na América Latina e no Caribe (RedPOP), com o apoio da Associação Brasileira de Centros de Museus de Ciência (ABCMC) e do Departamento de Popularização e Difusão da Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (DEPDI/SECIS/MCTI). Os seus resultados culminarão em uma publicação que ficará disponível para download gratuito. A união dos dados de todos os museus e centros da região permitirá, por um lado, ter um panorama amplo da acessibilidade nesses locais e das condições em que essas ocorrem. Por outro lado, fornecerá subsídios para futuras iniciativas e políticas públicas para a inclusão da pessoa com deficiência e a garantia do seu direito à cidadania, educação, informação científica de qualidade, cultura e ao lazer.

PublicAcessibilidade: mapeando artigos publicados sobre acessibilidade.

A pesquisa PublicAcessibilidade realiza, desde 2016, o mapeamento de artigos publicados sobre a temática de acessibilidade em museus, espaços científico-culturais e atividades de divulgação científica no Brasil e América Latina. Perguntas em torno da acessibilidade nesses locais, como “O que está se fazendo a respeito?”, “Quem está fazendo?”, “Como está fazendo?” e “Para quem está fazendo?”, bem como, “O que e quem está pesquisando a respeito”, “Onde estão as lacunas?”, “Quem não está incluído?”, são norteadoras e pertinentes para que possamos refletir sobre os próximos passos no sentido da acessibilidade e da inclusão. O estudo fez um mapeamento dos artigos publicados sobre a temática e apresentou seu panorama até o ano de 2016 no capítulo “Accesibilidad en museos, espacios científico-culturales y acciones de divulgación científica en Brasil ” do livro Aproximaciones a la investigación en divulgación de la ciencia en América Latina a partir de sus artículos académicos, publicado pela Fiocruz. Nosso mapeamento é contínuo e essencial para o diagnóstico da produção de artigos na área. Sabemos que existe, ainda, um repertório de textos acadêmicos, como teses, dissertações e trabalhos de conclusão de curso, livros, manuais e publicações de congressos e eventos científicos que também devem ser mapeados e são essenciais para representar a produção científica na área de acessibilidade. Por esse motivo, convidamos todos aqueles que tem publicações na área a nos enviar um e-mail com a sua referência para incluirmos no nosso banco de dados que, em breve, será disponibilizado neste site. E- mail da pesquisa: publicaacessibilidade@grupomccac.org

Autoras:

  • Jessica Norberto Rocha
  • Juliana Gonçalves
  • Laura Cordiolli
  • Flávia Ferreira
Acessibilidade nos museus e centros de ciências da cidade de São Paulo

Este estudo é fruto do TCC de Aline Molenzani, orientado por Jessica Norberto Rocha, no curso de Aperfeiçoamento em Educação Científica da UFMG/ UAB. A pesquisa, desenvolvida em 2015, teve como objetivo principal identificar quais museus de ciências da cidade de São Paulo oferecem recursos para que as pessoas com deficiência possam visitar e participar de suas exposições.

Indicadores do potencial de acessibilidade em museus e centros de ciências: análise da Caravana da Ciência

Este estudo é fruto do TCC de Luiz Gustavo Barcellos Inacio, orientado por Jessica Norberto Rocha, no curso de Pós-graduação Lato Sensu em Ensino de Ciências com ênfase em Biologia e Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro. Neste trabalho foram desenvolvidos “Indicadores de Acessibilidade”, uma proposta de ferramenta para analisar a acessibilidade em exposições científicas e espaços científico-culturais, que permitisse identificar as acessibilidades arquitetônica, atitudinal e comunicacional, e também, os recursos de acessibilidade e o desenho das exposições, contribuindo, assim, para ações e programas institucionais. Para a validação da ferramenta construída, os indicadores foram aplicados no Centro de Ciências Itinerante Caravana da Ciência, da Fundação CECIERJ.

Acessibilidade em Planetários e Observatórios Astronômicos

Em 2016 o Grupo Museus e Centros de Ciências Acessíveis realizou a pesquisa “Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências no Brasil e na América Latina” em parceria com a Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia na América Latina e no Caribe (RedPOP). Com o objetivo de se construir um panorama da acessibilidade nesses locais e das condições em que ocorre, um questionário on line, em português e espanhol, com 60 perguntas abertas e fechadas sobre a acessibilidade física do local e do entorno, visual, auditiva, intelectual, programas educacionais e inclusivos e financiamento foi enviado a espaços científico-culturais da região da América Latina. Neste trabalho, estamos desenvolvendo um recorte dos resultados dessa pesquisa focado nos planetários, observatórios astronômicos e museus e centros de ciências que possuem planetários.

Autores:

  • Jessica Norberto Rocha
  • Willian Vieira de Abreu
  • Aline Oliveira Molenzani
  • Luiz Gustavo Barcellos Inacio
Recursos de acessibilidade nos websites dos centros e museus de ciências do Brasil

Este estudo apresenta resultados da pesquisa que teve como objetivo principal identificar quais centros e museus de ciências do Brasil oferecem recursos de acessibilidade em seus websites para que as pessoas com deficiência possam ter acesso ao conteúdo disponibilizado neste meio de comunicação.

Autores:

  • Aline Oliveira Molenzani
  • Jessica Norberto Rocha
  • Willian Vieira de Abreu
  • Daniele Molenzano
Leis de Inclusão da pessoa com deficiência em países da América Latina

Objetiva-se com este trabalho discutir se a inclusão cultural da pessoa com deficiência e acessibilidade a museus e espaços científico-culturais estão previstos na legislação dos países da América Latina e como a temática tem sido abordada nos diferentes documentos oficiais.

Autoras:

  • Flávia Barros Ferreira
  • Jessica Norberto Rocha

Participações em Eventos

V Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural - 2017

O MCCAC participou do V Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural, organizado pela UFRJ, com quatro trabalhos:

  1. Grupo de Pesquisa Museus e Centros de Ciências Acessíveis (autoria: Jessica Norberto Rocha, Aline Molenzani, Luiz Gustavo Inacio, Luisa Massarani, Willian Abreu)
  2. PublicAcessibilidade: mapeando artigos sobre acessibilidade em museus, espaços científico-culturais e ações de divulgação científica no Brasil (autoria: Laura Cordiolli, Jessica Norberto Rocha, Juliana Cardoso Gonçalves, Flávia Barros Ferreira)
  3. Leis de inclusão da pessoa com deficiência em países da América Latina: diálogos sobre o acesso a museus e espaços científico-culturais (autoria: Flávia Barros Ferreira e Jessica Norberto Rocha)
  4. Diagnóstico da Acessibilidade do Centro de Ciências Itinerante Caravana da Ciência/ RJ – Brasil (autoria: Luiz Gustavo Inacio e Jessica Norberto Rocha).

Mais informações 

Jessica apresentando no ENAC

Jessica Apresenta a capa do Guia de Museus e Centros de Ciências Acessíveis da América Latina e Caribe no Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural.

Apresentação de Gustavo no ENAC

Luiz Gustavo Apresenta seu trabalho no Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural.

XXII Encontro da Associação Brasileira de Planetários - 2017

Jessica Norberto Rocha e Willian Abreu apresentaram no XXII Encontro da Associação Brasileira de Planetários, o trabalho “Diagnóstico da Acessibilidade em Planetários e Observatórios Astronômicos do Brasil”. Este trabalho é um recorte dos resultados dos planetários, observatórios astronômicos e museus e centros de ciências que possuem planetários da pesquisa do MCCAC em parceria com a RedPoP “Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências no Brasil e na América Latina”.

Mais informações

Foto dos participantes do Encontro

Membros participantes do Encontro Nacional da Associação Brasileira de Planetários, ocorrida em Belo Horizonte.

 

20º ENAST - 20º Encontro Nacional de Astronomia - 2017

Luiz Gustavo Inacio apresentou no 20o ENAST o trabalho “Diagnóstico da Acessibilidade em Planetários e Observatórios Astronômicos do Brasil”. Este trabalho é um recorte dos resultados dos planetários, observatórios astronômicos e museus e centros de ciências que possuem planetários da pesquisa do MCCAC em parceria com a RedPoP “Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências no Brasil e na América Latina”.

Mais informações

Encontro da RedPop – Conexiones: nuevas maneras de popularizar la ciencia - 2017

A coordenadora do MCCAC, Jessica Norberto Rocha, apresentou no dia 23/08/2017 os resultados preliminares da pesquisa “Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências na América Latina” na Sessão especial organizada pela RedPop e Unesco “Divulgación Científica en América Latina: ?dónde estamos y para dónde vamos?”. No mesmo evento, Jessica apresentou a pesquisa “Diagnóstico da Acessibilidade do Centro de Ciências Itinerante Caravana da Ciência/ RJ – Brasil” de autoria de Luiz Gustavo Inacio.

Mais informações 

Membros da Mesa no Encontro

Jessica apresenta sua pesquisa no Encontro da RedPOP.

Encontro da RedPOP

Mesa no encontro da RedPOP.

 

Simpósio “A ciência da divulgação científica: a construção de um campo acadêmico” - 2017

A coordenadora do MCCAC, Jessica Norberto Rocha, apresentou a pesquisa PublicAcessibilidade na mesa redonda “Diagnóstico da pesquisa em divulgação científica” no Simpósio “A ciência da divulgação científica: a construção de um campo acadêmico”, organizado pelo Museu da Vida, mestrado acadêmico em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde e especialização em Divulgação e Popularização da Ciência, ambos da Casa de Oswaldo Cruz, e pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia voltado para a Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia.

Mais informações

69a Reunião Anual da SBPC - 2017

No dia 20/07/ 17, a coordenadora do MCCAC, Jessica Norberto Rocha, participou da mesa redonda “Acessibilidade e divulgação científica: os museus e centros de ciência estão preparados para ser espaços acessíveis?” na Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), em Belo Horizonte. Na ocasião, foram apresentados os dados da pesquisa de Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências na América Latina e outras pesquisas que estão em desenvolvimento pelo Grupo Museus e Centros de Ciências Acessíveis e pela RedPOP.

“Acessibilidade e divulgação científica: os museus e centros de ciência estão preparados para ser espaços acessíveis?”

Coordenadora: Gleydes Gambogi Parreira (UFMG)

Palestrantes: Luisa Medeiros Massarani (RedPOP/Museu da Vida – Fiocruz), Jessica Norberto Rocha (Fundação Cecierj e MCCAC) e Viviane Sarraf (Museus Acessíveis)

Mais informações

Porto ICRE 17 - 2017

Aline Molenzani apresentou a pesquisa “Diagnóstico dos recursos de acessibilidade destinado às pessoas com deficiência nos websites dos centros e museus de ciências do Brasil”, de co-autoria de Jessica Norberto Rocha e Daniele Molenzani, no Porto ICRE 17 - International Conference of Research in Education, realizado em Porto, Portugal.   presente trabalho apresenta resultados da pesquisa que teve como objetivo principal identificar quais centros e museus de ciências do Brasil oferecem recursos de acessibilidade em seus websites para que as pessoas com deficiência possam ter acesso ao conteúdo disponibilizado neste meio de comunicação.

Mais informações

EDICC 3 - 2016

A coordenadora do MCCAC apresentou no 3 Encontro de Divulgação da Ciência e Cultura, na UNICAMP, a pesquisa “Acessibilidade nos museus e centros de ciências da cidade de São Paulo”. Este estudo é fruto do TCC de Aline Molenzani, orientado por Jessica Norberto Rocha, no curso de Aperfeiçoamento em Educação Científica da UFMG/ UAB. A pesquisa, desenvolvida em 2015, teve como objetivo principal identificar quais museus de ciências da cidade de São Paulo oferecem recursos para que as pessoas com deficiência possam visitar e participar de suas exposições.

Mais informações

I Congresso Internacional de Educação Especial e Inclusiva e 13a Jornada de Educação Especial - 2016

Aline Molenzani apresentou sua pesquisa “Acessibilidade nos museus e centros de ciências da cidade de São Paulo” no I Congresso Internacional de Educação Especial e Inclusiva e 13a Jornada de Educação Especial, realizado na UNESP. Este estudo é fruto do seu TCC, orientado por Jessica Norberto Rocha, no curso de Aperfeiçoamento em Educação Científica da UFMG/ UAB. A pesquisa, desenvolvida em 2015, teve como objetivo principal identificar quais museus de ciências da cidade de São Paulo oferecem recursos para que as pessoas com deficiência possam visitar e participar de suas exposições.

2º Encontro ABCMC - 2016

A coordenadora do MCCAC, Jessica Norberto Rocha, apresentou no 2O Encontro da Associação Brasileira de Centros e Museus de Ciências as pesquisas “Acessibilidade nos museus e centros de ciências da cidade de São Paulo”, de autoria de Aline Molenzani e Jessica Norberto Rocha, e Diagnóstico de Acessibilidade em Museus e Centros de Ciências na América Latina, de autoria o grupo MCCAC.

VII Congresso Brasileiro de Educação Especial - 2016

Aline Molenzani apresentou a pesquisa “Recursos de acessibilidade nos websites dos centros e museus de ciências do Brasil”, de co-autoria de Jessica Norberto Rocha e Daniele Molenzani, no VII Congresso Brasileiro de Educação Especial, realizado na UFSCAR. Este trabalho apresenta resultados da pesquisa que teve como objetivo principal identificar quais centros e museus de ciências do Brasil oferecem recursos de acessibilidade em seus websites para que as pessoas com deficiência possam ter acesso ao conteúdo disponibilizado neste meio de comunicação.

Mais informações 

Trabalho completo